quarta-feira, 1 de junho de 2016

poesia de ver - "...sentidos!"

Poesia de Ver

"Por que estás aí, há horas, olhando pra nós?”, perguntou-me uma das florzinhas.
"Estou tentando decifra-las… quero que me digam alguma coisa para que eu possa escrever." 
"Por que tu tens que nos escrever?”, perguntou-me a florzinha (qual delas?).
"Porque só me sei em palavras", respondi.
"Ah, não sejas só isso. Já nos olhas há horas… abaixa-te e cheira… não sejas só palavras... sejas olhar… sejas aromas… sejas sentimento! Qualquer deles”.
… naquele momento consegui ver o quanto eram lindas e cheirosas… e não precisei de palavras.
Texto por Luís Augusto Menna Barreto

Imagem por Ane Matsuura (@annematsuura). Fotografia feita pela artista no “Flower Park”, na cidade de Hamamatsu, Japão.

34 comentários:

  1. Realmente, para a beleza, palavras não bastam. Tem que ser além do olhar... do sentir o aroma... do sentimento que o belo deixa em nós. Não sei explicar em palavras o que sinto em relação às flores. Obrigada, poeta, por despertar essas emoções através de seus poemas. É um prenúncio de um bom dia! Receba meu abraço amigo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recebo, professora... ah, e como faz bem!!
      Hoje, mais uma vez, foi tudo muito fácil... a imagem da artista da lente Ane Matsuura (@annematsuura), fica tudo muito fácil!!

      Excluir
  2. Dizem que o cheiro é o primeiro motivo pelo qual nos apaixonamos. Lendo o que escreveste, poeta, me perguntei: Será por isso que sentimos tanta atração pelas flores?
    Belíssimo texto. Inesquecível imagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Maria...
      É muito simples ouvir e sentir as flores quando se tem uma imagem tão linda, fruto da generosa gentileza de Ane Matsuura (@annematsuura)!!
      Mil obrigados, Maria!

      Excluir
  3. Nos cheiros das flores estão os odores do amor. Vivamos nas rosas o amor cheiroso que demarca territórios em busca do bem quer da paixão contida no coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dr. Izamir... que inspiração a sua:
      "Nos cheiros das flores estão os odores do amor".... que boniiiiito!!!!!!
      Super obrigado, Dr. Izamir!!!!

      Excluir
  4. As flores...Ah...!!!!
    Como são lindas, cheirosas, suaves.... E amaciam sentimentos, nos transportando para os cheiros das almas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "O cheiro das almas"......
      Como todos estão inspirados, hoje...!!!!!!!
      Mil obrigados, Silvina!!!!

      Excluir
  5. Só me sei em palavras quando a razão predomina para perceber a vida. Quando sinto o mundo pelos sentidos e pelos sentimentos sei e sou no sentido pleno do saber.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo Thais.... tô dizendo..... hoje é o dia da inspiração de todo mundo...!!!
      Nem sei o que dizer, além de um obrigado imenso...!!!!!!

      Excluir
  6. Que lindo poeta...palavras....muitas vezes não precisamos delas, nos basta o olhar, dizemos tudo sem proferir um fonema... um aroma tb nos revela muito e as flores, ah... elas são presentes de Deus para nos alegrar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, amiga Tel.... e um abraço, então... quantas palavras poupamos em um abraço...?!!!!!

      Excluir
  7. Não sejas só palavras, mas sejas palavras também. Sejas cheiro, sejas sabor, sejas som. Sejas macio, duro, nunca áspero. Sejas cores definidas, não sejas daltônico e incolor jamais. Sejas sentimento, sentimento e sentimento, mas permita a razão perpassar, não mais que isso.

    Depois... Depois brilhe! Para isso, deixe que a ordem divina se cumpra: "FAÇA-SE A LUZ!"

    E então... ilumine-se e ilumine!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando eu estudava geografia, aprendi que existem estrelas luminosas e iluminadas... de fato, eu sou uma iluminada... a que recebe a luz das luminosas como tu, escritora....
      Mil obrigados...!!!!!

      Excluir
    2. Poeta, Poeta!

      Há momentos em que tu falas cada bobagem!

      Elisa, por favor, convide dona Zélia para frequentar este blog! Diz a ela para vir com a mão da palmada aquecida, ok?

      Excluir
    3. Ela frequenta sendo uma leitora assídua deste poeta. Só não faz comentários. Mas vou convidá-la a fazê-los. Pode deixar. Um beijo amiga querida.

      Excluir
  8. O cheiro das flores traz com elas o "cheiro" do amor.
    Ah! Essas flores...
    O que seria do amor sem elas?
    Teríamos como expressá-lo?
    Só o poeta sabe responder...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah.... outro.... não eu, mana!!!!!
      Suuuuper beijão!!!!
      Bora pra Fortaleza em novembro!!!!!!!!!
      #literaturaabraçafortaleza

      Excluir
  9. Aaaaai... Sejamos aromas!
    E tudo mais que alimente a nossa Alma e a do próximo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ... e como os cheiros ficam na gente...
      É tão comum (e delicioso) lembrarmos de alguém ao sentir determinado cheiro...
      Já tiveste aquela sensação de que alguém que tu gostas passou por perto, porque sentiste o mesmo perfume, e então tu te dás conta de que seria impossível aquela pessoa estar ali, naquele momento, seja por viagem, seja por qualquer outro motivo, mas, mesmo assim, o coração disparou e o mundo ficou congelado naquele segundo...?
      ... e como é bom......!!

      Excluir
    2. Aaah, como é bom!
      Tão nostálgico, paralisante e reconfortante!!

      Excluir
  10. Algumas vezes, as palavras brotam no que possuímos de mais natural ao ser: nossos sentidos! E é por isso que, na falta das palavras (ou na necessidade de sua ausência) o olhar, o toque, o cheiro nos completam naquela "dança" tão particular de cada momento!...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ... e não é que foi EXATAMENTE isso que as florzinhas queriam que eu entendesse....?
      Como as palavras ganham sentido em teu tato, poetiza...
      Vem sempre explicar... não nos deixas sozinhos........

      Excluir
  11. Boa noite amigo poeta!
    Adorei sua sensibilidade, o gesto de ternura. A flor que te perguntou, foi aquela que te sentiu. Por isso, ela lhe pediu, que você não fosse palavras, mas sentimento, melhor e mais profunda forma de ouvir o que só o silêncio diz !
    Ótima noite

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E como o silêncio tenta gritar conosco, não é mesmo Sônia... ... mas ele tem uma voz baixinha... que é preciso ouvido e coração apurados para ouvir... e tantos são os barulhos e a poluição sonora que permitimos aos nossos próprios ouvidos, quase que querendo abafar a perseverante voz do silêncio...

      ... talvez porque muitas vezes ela esteja simplesmente dizendo para escutarmos a nós mesmos... e disso é que tenhamos medo...!

      Excluir
  12. Com toda certeza amigo poeta, a voz mais difícil de ouvir é a que esta mais perto, ou seja dentro de nós, penso que nos falta coragem para aceitar o que realmente somos e desejamos fazer. Acho que seja por medo de magoar quem não faria parte do nosso novo caminho. Obrigada por sua palavras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, mil vezes, fico eu a ti, por tanta gentileza de visitares o blog...!!!!

      Excluir
  13. A flor por si só é muito bela, Nao importa a cor, azul vermelha, amarela. Seu cheiro é um bônus que recebemos, que as vezes nos traz boas lembranças de momentos que quase esquecemos. Menna, parabéns pela bela poesia que acabou de me inspirar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Rogério.... hoje estava fácil ficar inspirado, tanto quanto tu, com a imagem fruto da sensibilidade da artista Ane Matsuura (@annematsuura).
      Mil obrigados por visitar-me!!!!

      Excluir
  14. O aroma e flor.....um sentimento roubou ...de um poeta sonhador....por sua cor....seu belo corpo inclinou....admirando aquelas flor....que com sentimento clamou.....com formosura e amor...de um bom escritor ....escritor que for...sinta o aroma do amor... que ser abaixou...para obter um cheiro pra valer....
    perfume o quê for....o poeta expirou....um doce aroma da flor....que o seu pensamento transformou....sinta o perfume de uma flor....com esse perfume que for....ele é um escritor....com sedução e amor....descreve aquela flor...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como é gostoso ler o ritmo que impões ao teu comentário... sempre versos... sempre transmitindo alegria...!
      Mil obrigados, Geraildes...!!

      Excluir
  15. Boa noite, Poeta!
    Estamos estudando sobre o processo de criação literária e gostaríamos MUITO de entrar em contato com você via email para conversarmos a respeito. Não conseguimos localizar o seu email nessa página e, assim, pedimos que, por gentileza, envie-nos um email para poetasesuaspalavras@gmail.com. Desde já, a nossa gratidão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já enviei... espero que tenham recebido!!
      Em todo o caso, o e-mail é
      mennaempalavras@gmail.com

      Excluir