domingo, 12 de fevereiro de 2017

pensamentos perdidos - O CIRCO - um conto de Ana Isabel Rocha Macedo - parte 2 de 7

Pensamentos Perdidos: O Circo - um conto de Ana Isabel Rocha Macedo

O CIRCO
(Parte 2 de 7)

ANA ISABEL ROCHA MACEDO

*Respeitável público!!!! O blog “menna em palavras” orgulhosamente apresenta um circo! Um outro CIRCO! Desta vez, descortina-se o CIRCO de Ana Isabel Rocha Macedo, que brinda o blog e seus leitores com um conto inédito que será publicado em 7 partes! Venham! Comprem seus ingressos, a pipoca, a maçã do amor, as raspadinhas, o suco… venham todos!
Óh… shhhhh…… rufam os tambores… abre-se a cortina… sshhhhh…….
(Nota do “editor” Luís Augusto Menna Barreto)

II

 Quando meu corpo bateu na rede de proteção, tornou a subir e novamente desceu, não mais na rede caiu. Dois braços fortes e seguros me ampararam, e um olhar profundo encontrou o meu e atravessou minha alma. Tudo já não era o mesmo. O universo, de repente, mudara de cor.

Quando ele tomou minha mão, eu soube que os meus caminhos, daí para frente, seriam outros. Não olhei para trás. O último salto eu já tinha dado. Todos viram que aquilo era um adeus. Um amor que durara quatro anos de uma quase infância. Um amor AMOR, naquele instante, mudava de direção.

A vez primeira que entrei na jaula, eu tinha quinze anos. Meu domador segurou minha mão e orientou-me que eu deveria olhar diretamente nos olhos do único leão que ali havia, naquele momento.
 Antes, porém, me disse que a fera deveria sentir em mim o cheiro dele e, para isso, ele havia de me passar esse cheiro. E foram tantos os beijos e abraços... Todas as carícias possíveis e impossíveis... E a terra virando céu e o céu virando mar... E o desejo sendo os donos de nossas vontades... E os nossos cheiros entrando em nós... E nós nos transformando em feras e nos lambendo, nos mastigando, nos engolindo... E subindo alto... Muito alto... Mais alto ainda... Até que planamos... E viramos penas!!! E descendo em voo lento... Cada vez mais lento... Nem mais éramos nós... Até que chegamos ao chão de mato... E aí... nos demos de presente ao sono.
Quando entrei na jaula e olhei firme para os olhos do leão, o meu cheiro não era mais só o meu cheiro. Havia nele o cheiro do meu domador.
E assim os anos passaram.




64 comentários:

  1. Caiu literalmente nos braços do amor. Grande transformação ocorreu na vida da trapezista quase criança. Ah o amor...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eunice...!!! Uuuufa!!! Ainda bem que tinha a rede!!!!!!!!

      Bora.... vamos pegar os melhores lugares da calçada, aqui embaixo do ipê, porque chegamos antes!!!! Olha.... o desfile do CIRCO já vem dobrando na esquina da praça!!!!

      Excluir
    2. Pois é, nesse caso, o amor não "cegou" totalmente a menina - moça. Bom pra ela.

      Excluir
  2. Epa, me esperem, eu também vou! Sabe o que eu trouxe hoje Nice? Trouxe "turruchin". Guarda aí em sua bolsa, senão o Menna vai querer comer todos de vez. Não vai melar, não. Estão enrolados em papel celofane.

    Nada disso, Menna, tira a mão! Na semana passada você teve dor de barriga de tanto comer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que #&8%$ vem a ser turruchin????
      Eu lá vou querer comer o que não sei o que é?!
      Bora comer pipoca e algodão doce!! Olha que legal: coloco uma pipoca salgada grudada no algodão doce, e como os dois juntos... doce e salgado! Prova!

      Excluir
    2. Ó Seu Menna Barreto, eu comi o puxa-puxa, mesmo você não me dizendo o que era. É preciso experimentar o que a gente não conhece ainda, Seu Menna!

      Mas veja: TURRUCHIN é um doce de banana, de consistência mais durinho. Tem forma cilíndrica e é enrolado em papel celofane

      Não é MARIOLA. Aliás, na semana que vem vou trazer aqui para a calçada um monte de MARIOLA.

      Ah! Uma coisa que quero saber: o senhor é parente do dono do circo???!!!

      Excluir
    3. Um doce de banana é gostoso,gosto de tudo, menos de coisa amarga. Poeta gostei dessa tradução do palavrão kkkkkk

      Excluir
    4. Ah, mas o chamas é amargo e todo mundo tem que gostar... o pai toma todos os dias na varanda!!

      Excluir
  3. Que situação...!!! como diz a "Maria Alecrim":"...Tudo para... o vento, os sapos, os grilos, o mato. E eu morro por um tempim." Foi isso que aconteceu com a "trapezista"

    Bem lembrado, Poeta! Imagina, se não tivesse rede?!!!


    Com esta novidade toda, me atrasei. Será que ainda tem espaço na calçada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem sim... bora..... e aqui na sombra, óh!!!!

      Excluir
    2. Que bom!!!! Obrigada, Poeta!!!
      Fiquei cansada, depois de tanta emoção com a trapezista. Esta danada ainda vai dar muuuuuiiito trabalho.

      Excluir
  4. Cheguei atrasada??? Uffa!!! Vim correndo... Não perco esse circo por nada!!!Tem um lugarzinho perto de você Eunice?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pessoal, tô indo comprar ingressos pra todo mundo.... mas ouvi dizer que por metade do valor, o Pilha passa a gente por baixo da lona, lá na parte de trás, quase pela entrada dos artistas... o que vocês acham??

      Excluir
    2. Eu quero pagar metade... Aproveito e conheço o Pilha... Ainda sobra pra eu comprar um "Quebra Queixo"!
      Posso???

      Excluir
    3. Tem lugar perto de mim pra vc tbm Michele, chega mais querida.

      Excluir
    4. Vem, Menina... óh... aquele ali, agachado, é o amigo do Pilha... o Pilha não tô vendo, mas fala com ele, que ele te mostra onde é que o Pilha está e por onde entra... não vou lá, porque a mãe não deixa eu falar com eles!

      Excluir
  5. Eu estava do outro lado da rua, pois não sabia onde vcs estavam e vi tudo de lá, pois não podia atravessar a rua no meio da parada do Circo da Ana. Só então quando ele passou vi vcs. Que turma legal, cada um com as suas preferências e fazendo festas e eu sózinho, do outro lado da rua sem comer, pois estava duro e queria participar da comilança de vocês. Agora tds juntos e misturados, curtindo o circo da Ana. Cada um escolhendo um enredo e metendo o dedo na narração escolho a moça que anunciava as atrações como minha rainha na rinha da narrativa da Ana. Amiga vc consegui com o seu circo uma linda narrativa de uma iniciação do amor de uma jovem que caiu de emoções na boca de vários leões.
    Parabéns querida Ana. Valeu.Vamos em frente porque ainda temos 05 atos de nosso espetáculo. O que será que vai acontecer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, bora pra fila (ou vamos na entrada do Pilha?) que vou ver se compro ingressos. Quem trouxe a carteirinha de estudante?

      Excluir
  6. Sabe amigos, ontem eu sonhei com essa menina do circo. Ela me disse que estava com muito ciúmes de umas mulheres de certo blog que ficaram paquerando o seu domador de leões.

    Falou-me ainda que Seu Barreto, aquele que é dono do circo, anda querendo proibir que essas moças se assanhem tanto assim para seu funcionário.

    Disse que, por isso, ele vai sentar lá na calçada, junto com seu amigo de nome Izamir, que é para se misturar com elas, a fim de aquietar o facho dessas meninas.

    Mas tudo isso era só ciúmes dela. Seu Barreto não vai conseguir nada, não. Fogo de mulher, quando acende não tem água que apague. vira é gasolina. Ainda mais quando ele arde por um gatão como esse domador de leões.
    Porque o bicho é um gato, viu? Vai ser bonito desse jeito lá em casa!!!!

    Olhem, lá vem ele ali!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não entendi... um "gato" comendo leão?????
      Acho que a Ana tá lelé da cuca!

      Excluir
    2. Kkkkk Este circo da Ana está cada dia melhor!!!!

      Excluir
    3. Tô não, Menna! Tô lelé da cuca nada. Eu não disse que o GATO estava comendo o LEÃO. Isso é você que está inventando. Cuidado com essa língua sua, moço!!!!!

      Excluir
    4. Acho que rolou ciúme por aqui kkkkkkkkkk quem mandou seu Barreto contratar um domador bonitão?

      Excluir
    5. To achando que essas meninas é que estão numa fase que um certo Luiz Gonzaga já cantou...:
      "(...)
      mas o doutor, nem examina
      chamando o pai de lado lhe diz logo em surdina:
      o mal é da idade, e que pra tal menina
      não há um só remédio em toda a medicina..."

      Excluir
  7. Oi gente cheguei bem atrasada, mas estou vendo que perto da Eunice tem um lugarzinho, já entro com as pipocas e também um refresco para acalmar o calor. Menna come pipoca salgada com algodão doce? Vish vai dar dor de barriga. A menina caiu na "rede" do domador, tudo até dá pra controlar, mas jamais controlamos quando o cheiro de outro se mistura ao cheiro da gente! O que virá agora? Tô indo Eunice, vou sentar ai pertinho de ti!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim amiga Águia, tem um lugarzinho aqui perto de mim, chega mais flor.

      Excluir
    2. Experimenta, que salgado com doce fica bom demais...!!!

      Excluir
  8. Ahh eu esqueci de dizer, compre os ingressos Menna. O Pilha pode ter a melhor das boas intenções, mas como vão ficar os trabalhadores do circo? Eles vivem da arrecadação. Vou pagar o meu ingresso, uma inteira porque não tenho carteirinha de estudante!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É que eu queria poupar uns trocados pra jogar no tiro ao alvo, depois...!!!

      Excluir
  9. Muito bem Instinto!! Na onda do PILHA, hein???!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não me misturo muito com o tal de Pilha... eles são "de rua"... mas sei que ele é bem esperto!

      Excluir
  10. Eu quero desse seu "TURRUCHIN", ANA. Amo doce de banana!!!
    Trouxe mané pelado para todos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkk Mané Pelado é apenas um bolo, menino Menna!!! Toma, coma um pedaço vais gostar.

      Excluir
    2. "Deusulivre" eu comer bolo com esse nome!!!!

      Excluir
  11. Mané Pelado???!! Eu quero. Quero conhecer Mané Pelado. Como é, Linda?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tô dizendo que o mal da Ana é "outro"... falou em pelado já quer!

      Excluir
    2. Tu vais comer Mané Pelado, Menna?

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Tá, que vou!!!! Nem pelado nem de roupa! Tá me estranhando?!

      Excluir
  12. Quem mais querer Mané Pelado? Linda está perguntando!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sai pra lá, com "Mané pelado"!!! Nem pelado nem com roupa!!!

      Excluir
    2. Imagino você menino, Poeta, devia ser muito atentado!!! Kkkk

      Excluir
    3. Bolo de mandioca com coco poeta, uma delicia. Experimente, tenho certeza que vai gostar.

      Excluir
    4. Agora não quero de jeito nenhum! Boca comer algodão doce!!!

      Excluir
  13. É muito bom, Ana!!! É um bolo, feito com a mandioca ralada, leite de coco,coco ralado, chá de cravo e canela e açúcar. Muito fácil de fazer e é uma delícia!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mané pelado é uma delícia.amo.

      Excluir
    2. Eita que é mais comida... mas que comezinho.... ufa!!!

      Excluir
    3. Esta farra está muito boa!!! Amo!!!

      Excluir
    4. Só gordices kkkkkkkkk será que corre o risco de esquecer o espetáculo?

      Excluir
  14. Boa tarde a todos! Desculpem-me mas hoje eu "não vim ao circo"...

    Eu fiquei paralisado diante disso:

    "Antes, porém, me disse que a fera deveria sentir em mim o cheiro dele e, para isso, ele havia de me passar esse cheiro. E foram tantos os beijos e abraços... Todas as carícias possíveis e impossíveis... E a terra virando céu e o céu virando mar... E o desejo sendo os donos de nossas vontades... E os nossos cheiros entrando em nós... E nós nos transformando em feras e nos lambendo, nos mastigando, nos engolindo... E subindo alto... Muito alto... Mais alto ainda... Até que planamos... E viramos penas!!! E descendo em voo lento... Cada vez mais lento... Nem mais éramos nós... Até que chegamos ao chão de mato... E aí... nos demos de presente ao sono."

    oh, Ana Isabel Rocha Macedo... se por um lado, conhecê-la há tantos anos, admirando-a tanto, pode (aos olhos de outros) colocar mel demais em minhas palavras, por outro lado deixa-me perfeitamente à vontade para poder proferi-las: Você escreve com a intensidade de quem ama! Isso porque de fato ama! Você escreve com uma sutilidade visceral, com uma total ausência de pudor e exagerada elegância, que qualquer palavra em tua boca, ou saindo de sua caneta, vira aroma de coisa boa que entorta a gente, tipo o perfume de Sedrick entrando pelos poros apaixonados de qualquer Estela.

    Que lindeza o que destaquei acima... Releio e releio, emocionado... Hoje está em estado de espanto... é só emoção... eu não consigo sair desse lugar... não tenho como me sentar com vocês...

    saudações a todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, tu tens tanta bondade neste teu olhar que tua leitura fica cheia de amor.

      Que seria de mim se não tivesse o teu caminho cruzado com o meu?!

      O nosso bem-querer é para sempre.

      Um beijo em teu coração!

      Excluir
    2. O texto, Lu, é de lindeza extrema.... virar pena é sonho de voar... pra que rede...?

      Excluir
  15. O Domador está "pê" da vida com o Menna.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ihhh.. ficou afetado ele?? Acho que é "mariquinhas"!!!

      Excluir
    2. É...!!! Tu disseste que ele anda comendo o LEÃO.

      Tu que não seguras esta língua tua, que uma hora dessas um juiz que tem lá em Ananindeua te bota pra ver o sol quadrado, viu?

      Excluir
  16. Gente!!!!...Ficamos aqui de trê-lê-lê e nem vimos a mulher que cospe fogo!!!
    Acho que vai se apresentar de novo...bota ver, é interessante!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagino o que ela come parcialidades fogo....!!!!!!

      Excluir
  17. Gente, tive notícias do Sedrick. Vou dar um pulo lá no NOITE NUA. Daqui a pouco eu volto.

    ResponderExcluir
  18. Voltei. Acho que vocês deveriam dar um pulo lá no NOITE NUA. Estela está lá contando um fato.

    Ah!!! Linda e Nice estiveram lá que eu vi.

    Voltando à vida da menina do circo! Ela disse que assim, anos se passaram. Então, o love dela com o domador rendeu, não foi?! Ô trem bom!!!

    "O chamego dá prazer, o chamego faz sofrer, o chamego as vezes dói o coração, às vezes, não."

    ResponderExcluir
  19. Prezada Ana, lendo todas as manifestações, sito-me 04 kg a mais de tantas guloseimas. Quanto as meninas vou falar pro Barreto pra levar a galera pra um forro e dar uns quebras nelas pra se aquietarem. Quanto ao leão e o gato acho que é com o Luís. Aqui no Pará tem uma bebida indígena chamada Aluà, quando a gente bebe dá um fogo danado. Segue um litro pra cada um de vcs. Tomem com moderação.

    ResponderExcluir
  20. Cheguei atrasada, mas tô aqui e não perco esse circo e essa farra de jeito nenhum....arruma aí um cantinho pra mim...

    ResponderExcluir