domingo, 5 de março de 2017

pensamentos perdidos - O Circo - um conto de Ana Isabel Rocha Macedo - parte 4 de 7

Pensamentos Perdidos: O Circo - um conto de Ana Isabel Rocha Macedo

O CIRCO
(Parte 4 de 7)

ANA ISABEL ROCHA MACEDO

*Respeitável público!!!! O blog “menna em palavras” orgulhosamente apresenta um circo! Um outro CIRCO! Desta vez, descortina-se o CIRCO de Ana Isabel Rocha Macedo, que brinda o blog e seus leitores com um conto inédito que será publicado em 7 partes! Venham! Comprem seus ingressos, a pipoca, a maçã do amor, as raspadinhas, o suco… venham todos!
Óh… shhhhh…… rufam os tambores… abre-se a cortina… sshhhhh…….
(Nota do “editor” Luís Augusto Menna Barreto)

IV

Uma noite, na hora do espetáculo, quando os aplausos e os risos ecoavam por todo o circo, senti vontade de espiar o que fazia aquele mais novo palhaço, para que o público vibrasse daquele jeito. Foi, então, que ao me aproximar da cortina que me esconderia, para dali assistir ao palhaço, passei em frente a um espelho grande, pelo qual os artistas se miravam, no instante anterior de entrar em cena.
Deus de todos os horrores! O que eu via no espelho era um assombro, era um monstro, não podia ser eu. Mas era eu. Aos poucos, esse entendimento foi me chegando e, com ele, o choro convulsivo que vinha do mais profundo do meu ser. E eu chorava dobrada sobre meu próprio corpo, com a pena imensa daquilo que restara de mim.
Foi aí que um homem grande, muito magro, de compleição nada forte, me viu, eu não sei como, e me susteve pela cintura. Levou-me até o seu trailer e fez-me sentar em uma cadeira. Esperou um pouco e disse-me:
- Deite-se, menina! Chora o quanto quiser! Deságua teu pranto no travesseiro! Depois durma! O sono às vezes cura feridas _ disse isso e começou a sair.   É minha hora de entrar no picadeiro. Mais tarde eu volto - aí saiu.
Horas depois, quando acordei, tentei falar. Eu tinha sede, muita sede, mas minha voz era uma rouquidão só. E o homem estava lá. Somente naquele instante, eu o reconheci. Ele era o malabarista maior.








63 comentários:

  1. Respostas
    1. Já estou na calçada, esperando o desfile do CIRCO... depois, vou correr pra lá, pra ver se entro logo na fila da pipoca e do algodão doce!!!!

      Excluir
    2. Michele,vc trouxe aquela guloseima que disse que ia trazer?

      Excluir
    3. Trouxe pipoca e algodão doce que gosto de misturar os dois!!!!!

      Excluir
  2. Voltarei antes de começar o espetáculo...

    ResponderExcluir
  3. Amigos,cheguei!Tadinha da trapezista,antes tão bonita e cheia de vida e alegria. Agora,assustadoramente "destruida". Triste, muito triste. ..

    ResponderExcluir
  4. Ahh!!!!!A buruaca ou bruaca!!!! Era isso Eunice?? Já vou preparar!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De paçoca não conheço não!!! Traz!!!

      Excluir
    2. Sim, a buruaca mesmo. Ainda vou experimentar essa mistura do poeta,pipoca com algodão doce.

      Excluir
    3. Eu pego a pipoca salgada, grudo no algodão doce e mordo...!!!!

      Excluir
  5. Vim sentar na guia, como nosso amigo LuAlves chama meio-fio. Hoje só pude trazer AVOADOR. Está muito gostoso. Foi feito aqui em casa.

    Tô com uma pena da moça do circo...! Já pensaram na dor que ela sentiu ao constatar que agora ela era feia?! Pior: era monstruosamente feia?!

    Porque, na verdade, em situações normais, ninguém se acha feio. A pessoa, às vezes, acha que ela ESTÁ feia. Porém, nunca que É feia.

    Entretanto, no caso dela...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não teria sido o jeito dela se olhar....?

      Excluir
    2. Não. Ela está com o rosto desfigurado pelas cicatrizes e pelos queloides. De fato, ela se tornou FEIA DE VERDADE.

      Aceitas um AVOADOR, Menna Barreto? E vocês Michelle, Nice, Silvina, aceitam?

      Excluir
    3. Já falei: é o motorista do "avoão"!!!!😂🤣

      Excluir
    4. Kkkkkk Enquanto descanso, vou dar uma olhada nesse "Avoão"!

      Esse Poeta inventa cada uma!!! 😂😂😂😂

      Excluir
  6. Nossa!!!!!
    Hoje quero só observar...!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooooii!!!!
      Quanto tempo! Vem!!! Teu lugar tá aqui!

      Excluir
  7. Sim! Tu não me respondeste, Menna! Qual o grau de parentesco teu com o dono do circo, Seu Barreto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aprendi como meu pai a responder assim: "se tem meu sobrenome e não for louco ou bandido, é meu parente!"

      Excluir
    2. Colé, bicho!!? Tu mesmo de louco tens um bocado.

      Mas concordo que de bandido tu não tens nada.

      Excluir
  8. Cada pessoa tem seu modo de se ver e seguir na vida. Nós loucos pelos artistas de circo e das diversas guloseimas que trocamos, enquanto ela, antes bela hj se enfrenta no espelho como fera. Se não tivesse o antes e a comparação com o hoje, tudo poderia ser aceito mais facilmente. Ele sofre e como o palhaço vive duas vidas talvez possa ser a vida nova dela. O homem como palhaço e ela como fera, vivendo no outro lado da vida, sem olhares, mas com valores novos, quem sabe. Vamos esperar a quinta parte do espetáculo narrado pela amiga Ana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou curioso....!!!!
      Como será a parte 5?????

      Excluir
  9. Correção - ela sofre e não - ele sofre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Izamir, tu és bondoso demais!

      Notaste que surgiu aí um homem comprido, magricelo e fraco? Malabarista, o sujeito.
      Será que ela, agora que é feia, vai se apaixonar por este TARZAN???

      Ah! Pedi ao Menna para te perguntar algo. Converse com ele, por favor!

      Excluir
  10. Respostas
    1. Não seria o cara que dirige o "avoão"??
      🤣😆

      Excluir
    2. Deve ser, Seu Menna! Lá pelo Rio Grande tem muito AVOÃO, não tem?

      Excluir
  11. Respostas
    1. Michelle, AVOADOR é um biscoito. Mas é biscoito mesmo. Não é bolacha.

      Essas coisas industrializadas que compramos nos supermercados são BOLACHAS.

      BISCOITOS são artesanais.

      VITÓRIA DA CONQUISTA - BA é a cidade que tem o maior número de produtores de BISCOITOS do país. São deliciosos! AVOADOR é um tipo desses biscoitos. É feito com goma azeda, ovos, manteiga, etc, etc, etc... Não há quem coma apenas um.

      Excluir
  12. Hummm
    Pobre menina feia...
    Mas vejo que há um feio pra ela...
    Dona Ana, eu aceito o biscoito de nome engraçado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tbm quero biscoito AVOADOR,deve ser uma delicia. "O que dirige o AVOÃO" é ótimo poeta kkkkkkkkkk

      Excluir
  13. No mês que vem vou a BH de AVOÃO. Mas antes disso, darei um pulo em Barra Grande, para pegar cor. É que, quando estou branquela, fico igual à moça do circo, depois do ataque das feras.

    Ah! E na viagem, vou comendo um saco de AVOADOR.

    Mas e aqui no meio-fio, algum paraense trouxe CACHAÇA COM JAMBU, para os maiores de idade?

    Na verdade, acho que só eu vou poder tomar um trago. Vocês outros formam uma cambada de meninos e meninas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkkkk
      Ata ! Dona Ana!!
      Cachaça de Jambu é mesmo pra gente grande... Da muito calor!!

      Excluir
  14. Opa, gostei de estar incluída nessa CAMBADA DE MENINO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tô nessa!!! Não quero cachaça!! Tem "Q-suco" de groselha????

      Excluir
  15. Calor?! A Menina gosta é de frio?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não !!!
      Mas de calor já basta esse do Pará !!!

      Excluir
  16. Olhem, o Juiz da Infância e da Juventude disse que está de olho nesses garotos do Pará, com essa tal Cachaça com Jambu, aqui na beira do circo.

    Ainda bem que o PILHA não sabe disso, porque uma moça me falou que essa bebida deixa o sujeito mais doidão que cola vencida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bora ver se o Pilha não acha um jeito de ganhar um trocado com essa cachaça.....?!

      Excluir
  17. Oi, gente!!!
    Dei uma volta lá por trás do circo e sabem o que eu vi?!

    A jaula com o leão velho, o que tentou assassinar a moça do domador. Tá lá ele e mais dois leões.

    Vamos lá!? Cada um pega uma vara, vamos futucar aquele leão velho!? Vamos!!!

    Mas cuidado!!! Peguem varas compridas! Essa Menina sem nome mesmo já tá pegando uma vara pequena! Bicho, a gente futuca com vara grande! Cuidado Izamir e Linda!!! O Menna sabe disso, não é Menna? Lembra daquela vez que você futucou o cão com a vara curta?! Viu o que aconteceu?!

    Vamos!!! Vamos logo futucar o leão assassino!!!

    ResponderExcluir
  18. Ave Maria! Dona !
    Que travessura!!
    Onde eu hei de arrumar uma "vara grande"??
    Mas vou arrumar! Porque quero cutucar o leão !!!
    Principalmente porque sou Papão !!!
    Perai... Chama os pequenos que já vou!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A. Izamir também vai adorar cutucar "leão"!!!!!!
      Acho que vou ficar só olhando.... sempre sinto pena de bicho!!!

      Excluir
  19. É?! E como você futucou o cão?!

    ResponderExcluir
  20. Acho que não deviam fazer isso com os leões, tadinhos,eles não têm culpa da imprudência da moça, que confiou demais na sorte.

    ResponderExcluir
  21. Ah, Nice!!! É só uma futucadinha! Ele vai até gostar. Você pode futucar no ouvido, só pra fazer cosquinha. Cosquinha é tão bom!!!

    ResponderExcluir
  22. Eu estou atrasada, mas cheguei e não vou cutucar leão, vou assistir as travessuras de vcs.
    Tomara que o malabarista se apaixone por ela e ela por ele, afinal quem ama o feio, bonito lhe parece ...

    ResponderExcluir
  23. De fato Tel, vamos torcer para que a trapezista, se apaixone de novo e seja correspondida. Que a atual falta de beleza não seja impedimento pra isso,os feios tbm amam.E com sinceridade. Ana,deixa os leões quietinhos querida, alguém já se deu muito mal em se aproximar demais deles,viu? #ficaadica.

    ResponderExcluir
  24. Acho que vou ficar só olhando, Ana. Tenho muito medo de leão! Vamos arrumar outra travessura menos arriscada, amiga!!! Acho que o Pilha poderá nos acompanhar. Onde estará esse danadinho! !!!

    ResponderExcluir
  25. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir