domingo, 16 de julho de 2017

CONTO DE BELLA - Escolhas - parte 6

Conto de Bella
Escolhas - parte 6

Enquanto Bella dirigia, quase ausente de pensamentos, quase ausente de si mesma, distante algumas horas dali dois garotos estavam com os dedos completamente sujos de grama e barro no quintal de casa, e incansavelmente subiam e desciam de uma casa em construção na árvore atrás da casa.
Embora a cozinha francamente confortável onde faziam as refeições de maneira informal, ou embora a sala de jantar, elegantemente decorada, um almoço havia sido servido de maneira improvisada em um terraço de uma casa de árvore em construção.
Enquanto Bella estacionava, estranhou que o carro do marido ainda estava ali. Era um velho Jeep. O carro estaria adequado ao modesto soldo do marido, mas o casal, com os ganhos de Bella, poderia ter os carros que quisesse. E não era por qualquer orgulho que o marido mantinha o Jeep. Ele simplesmente gostava e, na verdade, Bella achava que combinava com o estilo do marido, um jovem Coronel da Força Aérea Brasileira.
As crianças apareceram correndo e Bella não se importou quando mãozinhas embarradas de 6 e 4 anos abraçaram-lhe as pernas, deixando generosas marcas na calça Emílio Pucci.
— Mamãe, mamãe, fizemos comida. Vem!
Ela viu o marido vir, desajeitado, de bermudas, pés descalços, mas com um pano no braço, imitando ser um garçom… Pensou na ironia… mas não pode deixar de sorrir. Antes que ela perguntasse, ele explicou:
— Só tenho de voar em três dias. Perdoa eu não ter acordado quando você saiu. Mas pousei às 3h da manhã na base, e você dormia tão tranquila que não quis que acordasse. Vem. Está tudo pronto!
E Bella foi levada até a casa na árvore, em construção, e que não havia quando ela saiu de casa, mas que os garotos há tempos pediam para o pai construir.
Ela deixou que a alegria dos filhos e a gentileza e amor do marido viessem como um abraço bom e tentou abafar as emoções da manhã. Bella passaria o dia sendo levada pela imaginação dos garotos e sorriu muitas vezes durante aquele dia…
O primeiro ímpeto que ele teve, foi o de correr para o estacionamento e chamar por Bella, pedir que ficasse. 
Depois, sentiu em seguida a mãozinha da filha a envolver-lhe a perna e ela já lhe perguntava:
— As batatas estão sequinhas? Posso cozinhar, hoje? 
Então, pegou a filha no colo, ainda absorto em pensamentos que não sabia interpretar. 
Mas havia tomado uma decisão. Era a hora!
Os dias passaram-se estranhos para Bella, no escritório da agência onde mantinha a coluna de crítica de moda, e era correspondente internacional de revistas européias… mas, de repente, chegou-lhe um telegrama. Estranhou. Num mundo de aplicativos, em que mesmo os e-mails tornavam-se, já, obsoletos, ela recebera um telegrama. E teve de assinar o recibo! 
Todos os cinco funcionários ficaram curiosos, e Bella teve alguma dificuldade em descobrir por onde abrir o telegrama. Estava escrito:
“Venha almoçar. Traga as crianças. Vou servir você.”

(continua…)

Por Luís Augusto Menna Barreto


22 comentários:

  1. Estou cada vez mais envolvida!!! Quero logo esse reencontro!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Acontecerá, enfim... no próximo capítulo...??????
      ... e haverão de revelar-se as conseqüências das escolhas, no coração de cada um...!

      Veja a enquete no Twitter @mennaempalavras

      Excluir
  2. Respostas
    1. Quem sabe....? Já viste a enquete, no Twitter: @mennaempalavras

      Já votaste????

      Excluir
  3. Bom dia! Li todos os capítulos, adorei. Volto amanhã para continuar acompanhando e saber o que acontecerá após este telegrama. 😉😇

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que saudade!!!!!
      Bem vinda de volta!!!!

      Podes votar na enquete no twitter: @mennaempalavras

      Excluir
  4. Uma situação com poder de tirar o chão daquelas duas pessoas, que só as pequenas mãos dos filhos trazem de volta para realidade. E o reencontro se aproxima. Ai que ansiedade. ..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Terça-feira público a próxima (e penúltima) parte....!!!
      Votes na enquete... tá no no Twitter: @mennaempalavras!!!!!!

      Excluir
  5. Eita... dessa vez meu coração quase parou...!! Quanta ansiedade pra ver o resultado desse reencontro, Poeta!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vejamos se haverá... vejamos o que Bella fará com o telegrama.......!!!

      Excluir
  6. Esse reencontro promete... Afinal os dois estão casados com filhos e ao que parece, relacionamentos estáveis e aparentemente felizes....vamos esperar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tel........!!!!!!
      Na Terça, o próximo capítulo....!!!
      Haverá apenas mais duas partes....!!!!

      Excluir
  7. Continuo no posto de observação da personalidade das personagens principais. Prefiro ainda me aquietar.

    Quanto à estrutura do conto, digo que está muito boa.

    Só acho escritor que, hipoteticamente, o preenchimento do espaço de tempo transcorrido, entre o período em que as personagens tinham dez anos até o reaparecimento deles adultos, com narração dos acontecidos nesse ínterim, daria um bom romance.

    Pense nisso!!!

    Abraço fraterno!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, certamente......!
      As aventuras de Bella, chegando em cidades grandes com um sonho na cabeça e uma folha de revista na mão... os sonhos e a ingenuidade confrontados com a realidade, as pedras no caminho até tornar-se crítica de moda, o enamorar-se de um oficial da força aérea..... a necessidade de resgatar suas origens...

      Quanto a ele, o caminho trilhado de garçom até dono do restaurante, a restauração do local, o aprendizado, a abnegação.... (e mais algo que não posso dizer, porque estará nos dois últimos capítulos.....!!
      Sim, Dária um romance...

      Mas daí, escritora, é a TUA praia, não a minha.... acho que só sei escrever em histórias curtas.....!!!

      Excluir
    2. Olha aí! Você já tem a macroestrutura. Isso você já pensou. E é o que é mais difícil, embora aparentemente tenha o aspecto de fácil. Você sabe escrever, sim. Basta paciência e disciplina.

      Velho!!! Esta história daria um bom romance!

      XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXCCC

      E o livro de crônicas????!!!

      Excluir
    3. Esse é o problema... A DISCIPLINA!!

      Excluir
  8. Adoro romances, mas ainda bem que nós, os ansiosos, temos escritores de "histórias curtas". Que venha o penúltimo capítulo!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria... Ana Macedo é escritora tem três excelentes romances publicados: "Malva", "Heloísa" e "Carmela"!!! Li os três e são francamente excelentes! Recomendo cada um deles!!!!!!!!

      Excluir
  9. Obrigada pela recomendação. Vou começar a leitura!!!

    ResponderExcluir
  10. Nao acredito que eu ainda nao tinha lido.. 😢
    Ai jesus musica de suspense dj.. 👏👏😍

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guria.... e já tá publicada a parte 7!!!!!!!!!

      Excluir